Bailado em Munique

22:47
Dia de Champions no Allianz-Arena...
               
De um lado, o Arsenal de Wenger. Do outro, o Bayern Munich de Ancelotti. Duas ideias de jogo distintas, duas forças futebolísticas em termos atacantes, ainda que com "armas" completamente diferentes. 

O Arsenal vive essencialmente da inspiração de Ozil e do espírito combativo e do instinto goleador de Sanchez. Pouco, muito pouco para quem chega a esta fase da Champions...


Principalmente se do outro lado estiverem Lahm, Xabi Alonso, Robben, Douglas Costa, Thiago Alcântara, Muller e Lewandowski. Porque quando estes artistas desfrutam do seu Futebol, a orquestra de Ancelotti é capaz das mais belas sinfonias e dos mais belos bailados. Como este que vos trazemos no Cruijff FA desta semana.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.